Encontro Mineiro dos Estudantes de Computação

UNIFEI RESUMO HISTÓRICO E ATUALIDADES

...A Universidade Federal de Itajubá- UNIFEI, fundada em 23 de novembro de 1913, com o nome de Instituto Eletrotécnico e Mecânico de Itajubá- IEMI, por iniciativa pessoal do advogado Theodomiro Carneiro Santiago, foi a décima Escola de Engenharia a se instalar no país. ...Desde logo o IEMI se destacou na formação de profissionais especializados em sistemas energéticos, notadamente em geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.

Entrada UNIFEI

...O então Instituto foi reconhecido oficialmente pelo Governo Federal em 05 de janeiro de 1917. O curso tinha, inicialmente, a duração de três anos, tendo passado para quatro anos em 1923 e, em 1936, foi reformulado e equiparado ao da Escola Politécnica do Rio de janeiro e tendo o nome da instituição sido mudado para Instituto Eletrotécnico de Itajubá-IEI em 15 de março daquele mesmo ano. Em 30 de janeiro de 56 o IEI foi federalizado.

..Sua denominação foi alterada em 16 de abril de 1968 para Escola Federal de Engenharia de Itajubá- EFEI. A competência e o renome adquiridos em mais áreas de atuação conduziram ao desdobramento do seu curso original em cursos independentes de Engenharia Elétrica e de Engenharia Mecânica, com destaque especial para as ênfases de Eletrotécnica e Mecânica Plena. Iniciou em 1968 seus cursos de pós- graduação, com mestrados em Engenharia Elétrica, Mecânica e Biomédica, este último posteriormente descontinuado. Em resposta à evolução da tecnologia e à expansão das novas áreas contempladas pela Engenharia, a UNIFEI ampliou as suas ênfases em 1980, passando a incluir a de Produção, no curso de Engenharia Mecânica, e a de Eletrônica, no de Engenharia Elétrica.

..Dando prosseguimento a uma política de expansão capaz de oferecer um atendimento mais amplo e diversificado à demanda nacional e, sobretudo, regional de formação de profissionais da área tecnológica, a instituição partiu para a tentativa de se transformar em Universidade Especializada na área Tecnológica- UNIFEI, modalidade acadêmica prevista na nova Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional- LDB. Esta meta começou a se concretizar a partir de 1998 com a expansão dos cursos de graduação ao dar um salto de dois para nove cursos, através da aprovação de sete novos com a devida autorização do Conselho Nacional de Educação- CNE. Posteriormente, foram implantados mais dois novos cursos de graduação- Física Bacharelado e Física Licenciatura. A concretização do projeto de transformação em Universidade deu-se em 24 de abril de 2002, através da sanção da lei número 10.435, pelo presidente da República, Fernando Henrique Cardoso.

Atualmente a UNIFEI dispõe dos seguintes cursos de graduação e pós- graduação:

  • Graduação:
    • Administração (Empreendedorismo e Negócios)
    • Ciência da Computação
    • Engenharia Ambiental
    • Engenharia de Computação
    • Engenharia de Controle e Automação (Ênfases em Automação da Manufatura e Controle de Processos)
    • Engenharia Elétrica (Ênfases em Sistemas Elétricos de Potência, Sistemas Elétricos Industriais, Sistemas de Comunicações, Informática Industrial e Sistemas e Controle)
    • Engenharia Hídrica
    • Engenharia Mecânica
    • Engenharia de Produção Mecânica
    • Física Bacharelado
    • Física Licenciatura

  • Pós- Graduação Lato Sensu:
    • Engenharia de Sistemas Elétricos- CESE- Convênio UNIFEI/ Eletrobrás
    • Qualidade e Produtividade
    • Informática Empresarial
    • Cenários- O novo ambiente regulatório, institucional e organizacional dos setores elétrico e de gás- Convênio USP/ UNICAMP/ UNIFEI
    • MBA- Convênio UNIFEI/ Alstom

  • Pós- Graduação Stricto Sensu:
    • Mestrado em Engenharia Elétrica (Áreas de Concentração: Automação e Sistemas Elétricos Industriais e Sistemas Elétricos de Potência).
    • Mestrado em Engenharia Mecânica (Áreas de Concentração: Máquinas de Fluxo, Conversão de Energia e Projeto e Fabricação)
    • Mestrado em Engenharia de Produção (Áreas de Concentração: Economia e Finanças, Gerência da Produção, Qualidade, Sistemas de Manufatura e Educação na Engenharia)
    • Mestrado em Engenharia da Energia (Áreas de Concentração: Geração de Energia Elétrica, Geração de Energia Térmica, Uso Racional de Energia, Eletrônica Aplicada a Sistemas Energéticos e Planejamento Energético)
    • Mestrado em Ciências dos Materiais
    • Doutorado em Engenharia Elétrica (Área de Concentração: Sistemas Elétricos de Potência)
    • Doutorado em Engenharia Mecânica (Áreas de Concentração: Máquinas de Fluxo, Conversão de Energia e Projeto e Fabricação)

...A UNIFEI dispõe de 96% de seus docentes em regime de trabalho de tempo integral com dedicação exclusiva, sendo 56% com o título de Doutor, 37% com o título de Mestre, 3% com Especialização e 4% Graduados, ou seja, 93% tem Pós- Graduação em nível de Mestrado e Doutorado.

...Estão matriculados cerca de 2.200 alunos e o quadro de servidores técnico- administrativos é de 270.

...A estrutura física da Universidade compõe-se de três unidades principais: O conjunto central, da fase de criação, com 5. 024 m2 de área construída, onde a UNIFEI funcionou de 1913 até o início da década de 70, no qual continuam operando dois auditórios, intensamente utilizados pelas comunidades interna e externa, o Laboratório de Alta Tensão, salas de aulas, a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica, a Rádio e a Televisão Universitária (esta como repetidora do sinal da TV Educativa), a UNIFEI- Júnior, o Museu Theodomiro Santiago, duas Fundações de Apoio, a sede nacional da Associação de Ex-alunos, além de abrigar o escritório regional do CREA de Minas Gerais e a Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia, Indústria, Comércio e Turismo.

...O Campus Universitário Professor José Rodrigues Seabra, distante 1,5 km do centro da cidade, cujas primeiras instalações foram inauguradas em 23/11/73, data em que a Universidade completou 60 anos, com uma área de 381.588m2, sendo 38.334m2 de área construída coberta. pesquisa. Faz parte, ainda, do Campus o Centro Poliesportivo, o restaurante, a capela ecumênica e um lago que vem sendo utilizado como laboratório informal e como opção de lazer para as comunidades interna e externa.

...O Campus Avançado constituído pela Usina Hidrelétrica Luiz Dias, inaugurada em 1914, distante aproximadamente 16 km do campus principal, compreendendo um sítio de 389.600 m2 e área construída de 2.864 m2. Conta com 3 unidades geradoras de 800 KVA cada, recuperadas e modernizadas em parceria com diversas empresas da área eletromecânica, principalmente no que se refere ao sistema de proteção. A Usina Luiz Dias foi cedida à UNIFEI através de convênio com a CEMIG. Funciona como um conglomerado de laboratórios naturais, atendendo principalmente aos novos cursos de Engenharia Ambiental e Engenharia Hídrica. As atividades de extensão universitária vêm sendo ampliadas e dinamizadas nos últimos anos. Um dos principais exemplos dessa interação com a comunidade itajubense é o Projeto Itajubá- Tecnópolis, concebido por um grupo de professores da UNIFEI e que teve como seu principal elemento nucleador o Sistema Municipal de Ciência e Tecnologia, aprovado através de Lei Municipal. Foi adotado pela atual administração municipal, em fevereiro de 1997, como o Projeto de Desenvolvimento do Município. Recebeu apoio do Governo do Estado, do SEBRAE e do Instituto Euvaldo Lodi, ligado à Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais- FIEMG.

...A UNIFEI e o Instituto nacional de Telecomunicações- INATEL, sediado no município de Santa Rita do Sapucaí, são as principais instituições tecnológicas que dão sustentação e apoio ao projeto do Pólo de Tecnologia da Informação e Telecomunicações da região do Alto Sapucaí, e que também conta com o apoio do governo mineiro, através da Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia.

...Outro projeto que tem uma participação destacada da Universidade Federal em Itajubá é o da chamada Rota Tecnológica 459. Trata-se de um movimento comunitário que pretende reunir cidadãos de 88 municípios sul- mineiros e 19 paulistas, situados numa faixa de 50 km em torno do eixo da rodovia BR 459, que liga Lorena a Poços de Caldas, passando por Itajubá, Santa Rita do Sapucaí e Pouso Alegre, importante elo rodoviário entre a Presidente Dutra e a Fernão Dias. Seu objetivo é promover um desenvolvimento regional integrado, através do estudo das peculiaridades de cada município, seus problemas, vocações e potencialidades. Além disso, a UNIFEI também possui atividade de extensão que extrapola a esfera regional, a exemplo do Centro Nacional de Referência em Pequenas Centrais Hidrelétricas- CERPCH, onde a Escola sedia a secretaria do referido Centro.




-- VarziniFilho - 20 Feb 2006

Organização


UNIFEI

CACOMP

ENEC

Patrocínio


Logo da PUC


Mahle




Wiki

Debian

XHTML 1.0 válido!

CSS válido!
Editar Anexar arquivo Versões Mais...
revisão: r1 - 06 Jan 2012 - 01:10:02 - UnknownUser
%CC_by_nc_sa_pequeno% Copyright © 2005 - 2018, pela Executiva Nacional dos Estudantes de Computação. Todo o nosso conteúdo pode ser utilizado segundo os termos da Creative Commons License: Atribuição-UsoNãoComercial-PermanênciaDaLicença, salvo disposição em contrário indicada de forma explícita no tópico correspondente.


eXTReMe Tracker